loading
Localizações
Ligue-nos
Gamobar Porto

Rua Dom Pedro V n° 201 a 219

Telefone
Serviço
Gamobar Braga

Avenida General Carrilho da Silva Pinto, Nº 101

Telefone
Serviço
Gamobar Guimarães

Rua 25 de Abril, Lugar de Carvalhais, Silvares

Telefone
Serviço
Gamobar Lisboa

Rua Dr. José Espírito Santo, 34 E/F

Os pneus são o elo de ligação mais importante entre a estrada e o veículo, mas raramente recebem a atenção que lhes é devida.

Quando tem de travar em piso molhado, um milímetro a menos na profundidade do relevo dos pneus pode traduzir-se em diversos metros de deslocação desnecessários.

 

Sugestões para uma maior segurança

 

Profundidade do relevo dos pneus



Experimente esta verificação padrão com uma moeda de 1 Euro em intervalos regulares. O rebordo dourado da moeda proporciona-lhe um termo de referência aproximado. Se estiver sensivelmente ao mesmo nível do que o relevo dos pneus, a profundidade é de cerca de 3,5 mm.

 

Apesar do valor determinado por lei para a profundidade do relevo dos pneus ser de apenas 1,6 mm, os principais fabricantes de pneus recomendam a sua substituição a partir de 3 mm.


Pneus novos

Mesmo que os preços dos pneus usados lhe pareçam mais atrativos, os novos são sempre preferíveis. Além do rolamento mais silencioso, proporcionam ainda uma condução mais suave e garantem uma maior segurança, devido à maior profundidade do relevo dos pneus. Mesmo os pneus recauchutados podem ter danos internos que causam, no pior dos casos, o rebentamento dos mesmos.

 

Sugestão: tal como um motor, os pneus necessitam de rodagem. Certifique-se de que conduz os primeiros 200-300 quilómetros a velocidades moderadas, para tornar mais áspera a superfície dos pneus novos.



 

Pressão dos pneus/pressão do ar

 

Apenas necessita de confirmar se os pneus têm a pressão adequada, efetuando uma verificação em intervalos regulares. A pressão adequada dos pneus é fundamental para uma condução suave, um desgaste reduzido e o consumo de combustível ideal. Os valores da pressão dos pneus recomendados pelo fabricante do automóvel são indicados na tampa do depósito de combustível ou na etiqueta da estrutura da porta.



Deve também considerar os seguintes pontos:

  • Efetue a medição da pressão enquanto os pneus estão frios
  • Nunca corrija a pressão de um pneu quente (é normal ocorrer um aumento da pressão no pneu durante a condução)
  • A pressão do ar tem de ser igual num mesmo eixo, podendo diferir entre os eixos dianteiro e traseiro
  • Para proteger as válvulas contra a sujidade, certifique-se de que as tampas das válvulas se encontram firmemente apertadas
  • Substitua de imediato as tampas das válvulas em falta



Vantagens dos pneus de verão/inverno

Não é necessário assistir ao boletim meteorológico para saber que no verão o clima é mais quente e, no inverno, mais frio – pelo menos, na nossa zona do planeta.

 

No entanto, qual é a diferença entre os pneus de verão e os de inverno? Resposta: é uma questão da mistura do material.

 

O composto de borracha dos pneus de inverno é mais suave para proporcionar uma maior aderência a temperaturas baixas. A temperaturas mais elevadas – a partir de aproximadamente 7° C –, este composto tem maior propensão ao desgaste, sendo aconselhável mudar para os pneus de verão.

 

O composto mais rígido dos pneus de verão é ideal para temperaturas mais elevadas e para o calor, garantindo uma boa aderência ao asfalto e mantendo a distância de travagem reduzida.